MENU

Na batalha contra o câncer, o amor sempre vencerá

Deus pode curar. Porém, se Ele não curar, continua sendo Deus.


Na batalha contra o câncer, o amor sempre vencerá

No ano 2000, descobri uma notícia que devastou minha família: minha mamãe, Rosangela Rodrigues, fez o autoexame na mama e descobriu um nódulo no seio direito.

À época, já tínhamos notícias publicadas de falecimento de famosos por esta doença (o apresentador Chacrinha, da TV globo, o cantor Leandro, da dupla sertaneja “Leandro e Leonardo”, o cantor e produtor musical Frank Zappa e outros), o que fez com que a aflição tomasse cada cômodo da casa. Foram mais de dez anos de luta contra a doença e, com a graça de Deus e o amor de muita gente, mamãe teve sua cura completa confirmada pelos médicos há dois anos atrás!

No entanto, temos visto, cada dia, que esta doença tem dilacerado vidas e cada vez mais precocemente. Acabamos de ler o noticiário do falecimento da modelo e influenciadora digital Nara Almeida, de apenas 24 anos. Esta doença, além de desafiar a medicina atual, tem causado buracos em muitos corações nas famílias espalhadas pelo Brasil e pelo mundo.

Agora mesmo, enquanto escrevo este artigo, meu coração se aperta com o drama de uma amiga e irmã em Cristo que se chama Natália Rêgo, membro de minha igreja (Batista Betânia em Sulacap) e que está agora na UTI do Hemorio, em estado grave precisando muito de doação de sangue, plaquetas e medula óssea.

Não tem jeito! Convivi por uma década aproximadamente com esta angústia e acredito que teremos de lidar com este mal por mais algumas décadas. Já vi outros parentes nos deixarem em função desta enfermidade e amigos de amigos, pais de amigos etc., mas devemos nos manter firmados na única arma poderosa o suficiente para enfrentar este inimigo tão mortal: o amor que produz a solidariedade.

Talvez você, caro leitor, esteja enfrentando esta angústia na sua família. Não desista! O amor pode resistir este mal. Creia nisso! Que você fortaleça sua alma com o exemplo de minha família, onde minha mãe sofreu demais, mas venceu o câncer.

E mais: Deus pode curar. Deus pode todas as coisas e nada é impossível para Ele. Porém, se Ele não curar, continua sendo Deus e todas as coisas cooperam para o bem. Temos de aprender no processo e exercer o dom maior sempre, crendo na graça dele e lutando pela vida, em oração e agindo em favor do que padece.

Que o amor triunfe sobre cada família que lida com este drama. Que haja consolo ao coração de cada familiar da Nara e que a Natália seja alcançada com o amor de muitos doadores e visitada pelo Espírito Santo.

Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. (Jó 14.7)

*Caso você tenha condições, você pode ajudar a Natália doando sangue neste local: HEMORIO – RUA FREI CANECA, 8 – Centro Rio de Janeiro – RJ – Telefone: 08002820708 – NÃO É NECESSÁRIO AGENDAMENTO, o horário para a doação é de 7h às 18h. É importante que você faça a doação em nome dela: Natalia Oliveira Rêgo. É muito importante que você se informe da necessidade da doação lá no Hemorio, se ela precisa mais de sangue ou plaquetas, porque só poderá doar plaquetas a partir de 1 mês após a doação de sangue. PERGUNTE LÁ NO HEMORIO NO MOMENTO QUE FOR FAZER A DOAÇÃO SE A NATI ESTÁ PRECISANDO MAIS DE SANGUE OU DE PLAQUETAS.



32 anos, é casado com Ana Talita, bacharelando em Teologia pela Unigranrio e colunista no site Gospel Prime. É pregador do evangelho, palestrante para família e casais, compositor, escritor, músico, trabalha no ministério de adolescentes da Igreja Batista Betânia e no ministério paraeclesiástico e missionário chamado Entre Jovens. Recentemente publicou um livro intitulado “Aos maridos: princípios do casamento para quem deseja ouvir”.

Assuntos: ,


Deixe sua opinião!